Biblioteca · Desafio de livros · Resenha

Uma Longa Jornada – Nicholas Sparks

16473482_10208302789273433_7079126161413409561_n

Desde que terminou com o namorado, Sophia tem evitado sair de casa, porque ele a persegue aonde quer que vá. Após muita insistência de sua melhor amiga, ela acaba cedendo e vai a um rodeio. O que não podia imaginar era que encontraria um grande amor.

Luke é um jovem habilidoso que ajuda a mãe com todo tipo de tarefa na fazenda da família. No entanto, um terrível acidente os deixou numa situação econômica difícil e eles podem perder a propriedade – a menos que Luke volte à ativa e vença as competições de montaria em touros.

Quando Luke e Sophia começam a se relacionar, ela não entende por que a mãe dele fica tão chateada com sua volta à arena. O que ela não sabe é que o peão guarda um terrível segredo que pode acabar com os sonhos de todos.

Perto dali, o doce e apaixonado Ira, de 91 anos, sofre um acidente de carro. Preso nas ferragens e sem muitas esperanças de ser encontrado, vê o filme de sua vida passar diante de seus olhos e relembra os detalhes de seu longo e feliz casamento com Ruth.

Quem sabe as surpresas que a vida poderá trazer quando esses três destinos se cruzarem? Em Uma Longa Jornada, o campeão de vendas Nicholas Sparks conta uma história emocionante e inspiradora sobre o poder que o amor tem de superar até os mais difíceis obstáculos.

Autora: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Ano: 2013
Páginas: 361
Título Original: The longest ride

O ENREDO

Ira Levinson é um senhor de 91 anos de idade que sofre um grave acidente de carro em um dia de inverno. Seu carro fica fora do campo de visão para quem passa pela estrada e ele fica à espera de socorro.

Enquanto isso, por conta dos ferimentos, ele relembra das imagens de sua esposa, Ruth. Foram mais de 70 anos de casamento e, para se manter vivo, agarra-se nas lembranças que teve durante sua vida com ela.

A história de Ira e Ruth é narrada em primeira pessoa, deixando um tom mais próximo e real do que Ira conta sobre eles. Em todo o tempo percebe-se o quanto ele foi apaixonado por sua esposa, lembrando de detalhes sutis, mas o mais interessante é o quanto Ruth conhece seu marido, conseguindo sondar suas expressões e pensamentos.

Ao longo da narrativa vê-se o amor de Ruth pela arte, o que os leva a construir uma considerável galeria, e de Ira por Ruth.

Por outro lado, Sophia Danko é uma jovem estudante de história da arte que recém terminou um relacionamento e está se escondendo de seu ex, porque ele lhe persegue em todos os lugares. Depois de muita insistência de sua amiga, Sophia a acompanha a um rodeio.

Só não esperava que Brian (o antigo namorado) a achasse e uma confusão quase começou. Quase. Um dos caubóis do rodeio chamado Luke Collins a ajudou e eles passaram o resto da noite conversando.

A conversa não parou por aí e aos poucos os dois foram se aproximando. Luke, porém, tinha muitas reservas e se preocupava com a situação da fazenda de sua mãe. Sophia, por outro lado, pensava em seu futuro, onde trabalharia e moraria após se formar, dentro de alguns meses.

O tempo lhes reserva grandes surpresas. Tanto para Ira, que relembra toda sua trajetória de vida, quanto para Luke e Sophia, que terão difíceis escolhas para fazer, antes de entenderem o que realmente importa.

MINHA OPINIÃO

Uma das melhores histórias que li. De verdade.

Mais uma vez, Sparks me surpreendeu.

No começo não gostei muito dos trechos de Ira e Ruth, ainda mais porque para mim ele estava apenas delirando por causa do que aconteceu, mas ao longo do livro a maneira como ele descreveu todos os anos que viveram juntos foi algo surpreendente. Diversas vezes me vi com os olhos cheios de lágrimas ao ler os relatos de Ira. Quanto mais perto do fim do relacionamento deles chegava, mais profundas foram as lembranças de Ira. Coisa linda.

É incrível ver como grandes momentos fazem parte de um relacionamento, mas são os detalhes, as coisas pequenas da rotina que o constroem e o mantém. E isso é visível na história de Ira e Ruth.

O melhor é conhecer tudo o que lhes aconteceu pelo ponto de vista dele. Mesmo já idoso, cada lembrança da sua vida com Ruth é memorável e tudo o que ele fez por ela é tocante. Ira procurava fazer de tudo para agradar a esposa e realmente se alegrava ao vê-la alegre.

16298645_10208294439824702_8127209530879232124_n
Trecho de uma das cartas de Ira para Ruth

Mas não nego que fiquei bem pensativa, porque não deve ser fácil conviver com uma pessoa que se ama por mais de 70 anos e depois ter que viver sem ela. Ira viveu assim 9 anos após a morte de Ruth. É muita coisa.

Isso sem falar em todas as obras de arte que eles adquiriram ao longo dos anos. São preciosidades, mas não só pelo valor artístico e sim pelas lembranças de cada momento que elas representam.

Mas também gostei bastante da história de Luke e Sophia, embora às vezes eu quisesse bater nele. Enfim. Achei justa a atitude dela em pedir que parasse de montar, porque né…

Com alguns altos e baixos, a história deles é bacana porque mostra a parceria que eles tinham e que foram conquistando aos poucos, à medida que contavam os segredos que tinham e buscavam resolver seus problemas juntos.

A parte deles é difícil comentar sem dar spoilers, mas só tenho a dizer que o final foi mais do que merecido, já que Luke conseguiu entender exatamente o que Ira dizia sobre Ruth.

Este é um livro que super vale a pena ter na estante e que poderia ser ainda mais longo, porque não dá vontade de parar de ler, mas de conhecer o que mais poderia ter acontecido com eles ❤

CITAÇÕES INTERESSANTES

“Foi assim que tudo começou. Não é uma história emocionante de aventura ou o tipo de romance de conto de fadas dos filmes, mas me pareceu uma intervenção divina. Ruth ter visto algo especial em mim não fazia sentido algum, mas fui inteligente o bastante para aproveitar minha oportunidade.” (p. 67)

“Para mim, a casa ainda está cheia de amor e, nessa altura da vida, não posso pedir mais nada.” (p. 207)

“Nos óleos e pigmentos guardo minhas lembranças de Ruth; cada pintura me lembra um capítulo de nossa vida. Não há nada mais precioso para mim.” (p. 216)

Anúncios

Um comentário em “Uma Longa Jornada – Nicholas Sparks

  1. Um verdadeiro amor possui várias etapas em seu processo de construção, Luke e Sophia no começo, Ruth e Ira no fim. Geralmente se vê e se admira o tamanho de uma grande obra já construída, mas não se repara em cada tijolo utilizado para se chegar lá. Assim é com o amor, que quando visto em uma história relembrada por Ira a gente se encanta e ao ver os detalhes (tijolos) do quanto batalhou pelo relacionamento.
    Ainda não li este livro, mas seu post me fez imaginar toda a história! Muito bem escrito e montado, gostei muito! Parabéns!! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s