Lifestyle

Eu decidi sorrir

Terça-feira, final de tarde, trânsito caótico (pra variar).

Meus pés doíam, senti o cansaço de andar muito com uma bolsa pesada.
Pelo menos eu tinha feito o que precisava.
Minha casa, como queria chegar em casa…
No ponto de ônibus, eu só pensava nisso
Até que…
Uma senhorinha puxou conversa comigo.
Não tinha cabeça para conseguir estabelecer um diálogo decente.
Mas sabia que precisava ser simpática, afinal ela foi tão querida comigo.
Eu não tenho o hábito de sair conversando com estranhos.
Dessa vez, decidi sorrir
Me esforcei e começamos a conversar.
Ela queria saber se o Inter 2 parava naquele ponto, mas infelizmente só o Interbairros 2 passava ali.
Ela disse que tinha ido fazer um exame, que saiu de casa 7h30 da manhã.
Porque foi dar aula.
É.
Ela tem 76 anos e ainda dá aulas!
Sua turma são pessoas de terceira idade.
Na sua turma de Inglês, a aluna mais velha tem 87 anos.
É.
E às vezes eu acho que não consigo fazer algo por falta de condição.

Ou porque “já passei da idade”.

Uma simples conversa no ponto de ônibus. Uma grande lição de vida!
A senhorinha fala três idiomas, está aprendendo mais um e trabalha para aumentar a renda.
Ela pode não ser famosa ou conhecida por muitos.
Talvez eu nem a veja novamente.
Mas esse exemplo de trabalhar até hoje e sempre aprender fez a diferença para mim.
Quando precisei descer do ônibus, nem lembrava do cansaço.
Se quem tem motivos para reclamar da vida, não faz, não serei eu que vou reclamar.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s